Pesquisar este blog

sábado, março 03, 2018

I'm a creepy person

I'm a busy girl doing a lot of important things.
Now a day, I'm a grow up woman who can choose her on's clothes.
I'm a busy girl doing a lot of things.
Now a days I have to pay my bills,
I have to be on places on the rigth time,
I have english classes to do,
and a lot of coffes to drink.


I'm a busy girl trying to discover how to live.


Hello, can I make your house?
Yes, that's allrigth if you dont now what arctecture is.
Hello, can you please teach me a little thing about the easy way for being a grow up person?

Behind that girl eyes


Eu me escondi de mim,
por anos a fio.
Eu fui tudo e não fui nada.


Eu me escondi de mim,
e de você.
e do joão.
e talvez também do josé.


Eu me escondi de mim,
escondi meus pensamentos,
escondi a alma,
fechei os olhos, os apertei com força,
cantarolei alto enquanto tampava os ouvidos.
Mesmo assim eu ouvi.
Mesmo assim, quando cruzei o corredor, em um relapso de sanidade, abri os olhos sem querer e me vi. Aqueles imensos cílios carregados por rímel preto me encaravam, emoldurados por lábios grossos e rosados. Uma face pálida, amarelada, mas ainda remotamente bonita, emoldurada por fios de cabelos negros perfeitamente desarumados em ondas que pareciam de veludo. Me achei em toda a profundeza que olhos cor de âmbar podem carregar.
Me olhei fundo, bem fundo e eu estava ali.
Parada no silêncio, estacionada na casa dos vinte e poucos anos.


Fez um barulho lá fora. E em frações de segundos eu me perdi. O espelho agora só mostrava os tons de cinza do lavabo, perfeitamente escolhidos para harmonizar com o arranjo de palhas secas.


Desde esse dia, todos os dias foram em função de tentar me fazer surgir mais uma vez.
Eu falhei.
Ainda falho.

...



Em branco
Seco
Sincero
Sem mistérios.


O até logo sai engasgado,
os dois sabem que é um adeus.

quarta-feira, julho 26, 2017

Seco como deveria ser


Existem tempos difíceis. 
Tempos difíceis aos que começam a viver;
Tempos complicados demais aos que estão tentando sobreviver;
e tempos difíceis para aqueles que nos viram crescer.

Afinal, a vida as vezes parece nos ser cruel demais.
O quão gelado é um coração que pensa com a mente?

Existem tempos que parecem ser difíceis para todos.
Os pequenos demônios parecem estar soltos na espreita para brincar com a sua encarnação.
Somos feitos de carne e nada mais,
a alma pode transpassar tudo isso.

Segura o coração no peito;
Lava o cabelo;
Toma um banho de sol;
Ouve os pássaros cantarolando pela manhã;
Espera

O inverno sempre passa e os ventos da primavera chegam para acalmar os pequenos demônios das nossas vidas.



quinta-feira, junho 08, 2017

Barulhos


       Bocas amordaçadas querendo falar. Bocas falando sem ter o que dizer. As pessoas não gostam de silêncio e acabam por tentar preenche-lo a todo custo.
   Eu gosto de me lembrar da surpresa na voz de quem me encontrou passeando sozinha pela rua. Minha própria companhia não seria o suficiente?
   As vezes opto por ouvir quem sabe cantar no lugar de ouvir o caos do mundo. As vezes prefiro não ouvir nada. As vezes ao não ouvir nada acabo ouvindo tudo.
   Em uma tentativa recente de treinar os ouvidos fui separando os mais diferentes sons que cruzavam comigo em uma manhã de domingo. De um lado da cidade a festa do dia anterior cogitava acabar, do outro, os pássaros acordavam. O trem passava lá longe e meus passos nunca pareceram tão altos e violentos como na rua vazia. Eu não pensava, não sentia, só ouvia.
   Senta aqui, ouve meu coração.
   Senta aqui, me deixa te dizer o que tenho guardado todo esse tempo.
   Senta aqui e não me deixa te perder enquanto viramos adultos.

segunda-feira, abril 24, 2017

Sobre o amor (quando ele fica)


Éramos como duas crianças aprendendo a brincar. Ao auge dos meus vinte e poucos anos aprendi com você sobre o que é amar. As vezes o peito explode, a mente voa e eu, perdida, perco completamente o controle sobre a vida. E era com saudade, ciúmes, carinho, carência, sorrisos, aflições e outros inúmeros sentimentos que eu tentava entender tudo isso.

Ah, meu bem, tenha paciência comigo que estou aprendendo que não se entende o amor.

Ah moreno, se você soubesse sobre os dias que perco com o pensamento pairando sobre você. Se soubesse da imagem gravada na memória do seu sorriso franzindo o nariz ou dos seus olhos escuros me fitando. Se soubesse das lágrimas derramadas ou dos sorrisos bobos.

Eu, que sempre me achei inteira, descobri coisas que nunca existiram aqui, nesse peito medíocre que carrego comigo. E foi, nos seus braços que as risadas vieram da alma e o espírito de criança voltou a me habitar. Agradeço a ti pelo brilho nos olhos que redescobri e pelo frio na barriga enquanto corro pra te ver mais uma vez.

Nunca pensei ser possível gostar tanto de alguém.

quarta-feira, outubro 19, 2016

As vezes na vida.



As vezes na vida nos aparece alguém completamente sem função, mas que se encaixa perfeitamente na sua vida. Com você foi assim.

Você foi de mais alguém para ouvir as milhões de coisas que eu tenho para falar a alguém que me fazia vigiar o telefone por uma mensagem em alguns dias. Você me mostrou suas músicas preferidas e elas também eram as minhas. Nós riamos, de tudo, de todos, de nós, da vida, do universo.

Estar ao seu lado foi confuso, mas apaixonante. O coração parou por um instante e voltou mais intenso que nunca. Os olhos as vezes se enchem de lágrimas, a mente diz para se afastar. Você fez com que eu me preenchesse de felicidade e isso até eu - que sou de certo modo realista e as vezes pessimista - preciso admitir que vale mais do que meia dúzias de palavras mal ditas.

As vezes na vida nos aparece alguém que te coloca no colo e abraça forte quando você diz estar triste. As vezes isso vem acompanhado de ataques de cócegas e gargalhadas jogadas pela cama com alguns beijos no pescoço. As vezes também vem junto com um gosto musical inquestionável e um beijo na testa para te dizer oi.

As vezes na vida, mas só as vezes mesmo, nos aparece alguém que desperta o melhor que possa existir aqui dentro. Ah meu bem, quando esse alguém aparece é melhor você estar preparado porque nunca mais vai querer voltar a ser quem você era antes dele.